• Equipe CG

10 FILMES SOBRE O PIANO QUE VALE A PENA ASSISTIR!

O piano é um instrumento tão brilhante que até Hollywood se rendeu aos seus encantos. Seja como protagonista ou coadjuvante, sua presença inspira narrativas, retrata fatos históricos, ilustra biografias e serve como pano de fundo para lindas histórias.


Prepara a pipoca, senta no sofá e confira alguns filmes estrelados por esse personagem ilustre: O PIANO!





1. O PIANISTA (2002)


Dirigido por Roman Polanski, o filme se passa durante o regime nazista, e relata a história do pianista judeu-polonês Wladyslaw Szpilman, interpretado pelo ator e ganhador do Oscar, Adrien Brody. Após ser enviado com sua família para o Gueto de Varsóvia, Szpilman consegue escapar. Para sobreviver, conta com a ajuda de um oficial alemão, que se encanta pelo seu talento musical. Entretanto, mal sabe ele que essa ajuda pode lhe custar muito caro.



2. O PIANO (1993)


O filme retrata a sofrida trajetória de Ada McGrath (Holly Hunter), uma mulher que não fala desde os seis anos de idade e que se muda para a Nova Zelândia recém-colonizada. Ela segue o seu destino em companhia da filha, e conhece seu futuro marido, com o qual não simpatiza. Ada traz consigo seu valioso piano, mas o noivo, Alisdair Stewart, recusa-se a transportá-lo. Contudo, o administrador George Baines, imediatamente interessado na mulher, adquire o instrumento e promete devolvê-lo caso ela o ensine a tocar. Com o passar do tempo, as aulas se tornam encontros íntimos, que se intensificam ao ponto de saírem do controle, resultando em sérias consequências.




3. MINHA AMADA IMORTAL (1994)


Este filme, estrelado por Gary Oldman, retrata os últimos desejos do célebre pianista e compositor Ludwig van Beethoven. Após sua morte, seu amigo e discípulo Anton Felix Schindler assume uma missão. Ele toma conhecimento de cartas de amor escritas pelo famoso pianista, endereçados à sua musa inspiradora, a quem ele se refere como "amada imortal". Entretanto, o nome dessa mulher não é revelado no documento e Anton decide procurá-la. Em sua jornada, descobre grandes segredos e fatos até então desconhecidos, sobre seu admirável amigo.




4. AMADEUS (1984)


O filme dirigido por Milos Forman e baseado na peça homônima de Peter Shaffer, foi inspirado na vida e obra do compositor Wolfgang Amadeus Mozart (Tom Hulce), reconhecido como um dos melhores de seu tempo. O longa-metragem narra a rivalidade entre o compositor e Antonio Salieri (F. Murray Abraham), um homem dedicado totalmente a Deus e à música. A história é contada três décadas mais tarde, pelo prisma do próprio Mozart, internado em um manicômio.




5. À NOITE SONHAMOS (1945)


Dirigido por Charles Vidor e produzido durante a Segunda Guerra Mundial, o filme conta a história do pianista e compositor polonês Frédéric Chopin, protagonizado por Cornel Wilde, um dos maiores gênios da música de todos os tempos. Depois de ser expulso da Polônia, por se recusar a tocar para o governador Czarista, Chopin foge para Paris, onde conhece a escritora Aurore Dupin (Merle Oberon), mais conhecida pelo pseudônimo masculino, George Sand, por quem se apaixona perdidamente. Debilitado fisicamente e temendo que seu romance se torne público, viaja com sua amante para Majorca, onde o clima úmido e chuvoso fortaleceria ainda mais sua maior inimiga: a tuberculose. A biografia traz uma visão política e bastante patriótica do ilustre compositor.




6. A LENDA DO PIANISTA DO MAR (1998)


Este filme, dirigido pelo italiano Giuseppe Tornatore, e com a maravilhosa trilha sonora de Ennio Morricone e Roger Waters, conta a história de um garoto que nasce em pleno alto-mar, ganhando o nome do ano em que nasceu: 1900. A criança cresce num mundo encantado de ventos tempestuosos e coberto balançando, conhecendo toda a existência disponível a seu toque nos confins do transatlântico em que nasceu. Já crescido, seu talento natural no piano chama a atenção da lenda do jazz Jelly Roll Morton, que sobe a bordo para desafiar 1900 para um duelo. Indiferente com sua súbita notoriedade, 1900 mantém uma fixação pelo mar, sendo sempre seduzido pelos sons do oceano.



7. QUATRO MINUTOS (2008)


O filme conta a história de Traude Krueger (Monica Bleibtreu) uma senhora, professora de piano que dá aulas para detentas de uma prisão alemã. Certo dia ela vê a rebelde Jenny Von Loeben (Hannah Herzsprung) tocando, e percebe imediatamente o talento da jovem, sugerindo inscrevê-la em uma competição. Durante as aulas, Krueger tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a história trágica e autodestrutiva da jovem prisioneira.




8. VITUS (2008)


Vitus é um menino superdotado. Dono de audição apurada é preparado pelos pais desde cedo, para tornar-se um grande pianista. Mas o pequeno gênio prefere brincar com seu excêntrico avô, construindo planadores. Certo dia, no entanto, o garoto resolve se rebelar e tomar as rédeas de seu destino, longe das salas de concerto. O filme levanta muitas questões polêmicas sobre a relação entre a orientação das crianças e o desejo dos pais.




9. SHINE – BRILHANTE (1996)


Este filme australiano, estrelado por Geoffrey Rush, relata a vida de David Helfgott, um jovem pianista virtuoso que em diferentes fases de sua vida esbarra na inveja do pai, um homem severo e autoritário. Esta relação entre pai e filho, é fortemente marcada pela presença do piano e do significado do instrumento para ambos. Atingido por transtornos de personalidade, David é impedindo de se relacionar com outras pessoas, usando a música como fuga e reencontro.




10. RAY (2004)


O filme, baseado na história da lenda musical Ray Charles (Jamie Foxx), narra desde sua infância, quando ficou cego aos sete anos de idade, encontrando seu dom nas teclas de um piano. Ray precisou superar muitas dificuldades ao longo da vida. Além da deficiência visual, o estereótipo do negro na música, o vício em heroína, a culpa pela morte do irmão e um histórico de infidelidades, marcaram a vida íntima do ídolo, em uma esfera bem distante dos holofotes.


#piano #filmes