• Diego Vivan

BEE GEES: OS IRMÃOS QUE TRANSCENDERAM GERAÇÕES

Considerados um dos trios mais famosos da história da música pop mundial, o Bee Gees surgiu na década de 50 na Austrália, formado por três irmãos: o mais velho Barry Gibb, e os gêmeos Robin Gibb e Maurice Gibb.


Sucesso desde 1966, a banda faz parte do hall dos 4 artistas que mais venderam discos no mundo. Passaram por altos e baixos e por diversos ritmos musicais, entre eles: Rock, Country, Disco, R&B, até o Pop Rock moderno.


A seguir, conheça um pouco mais sobre a história desse trio que embalou gerações.



Bee Gees foi uma banda pop formada em 1958, pelos irmãos ingleses: Barry, Robin e Maurice Gibb. Filhos de dois músicos regionais, Hugh Gibb e Barbara Pass, nasceram na Ilha britânica de Man. Viveram alguns anos em Chorlton, subúrbio da cidade de Manchester, na Inglaterra. Porém, ainda crianças, mudaram-se com os pais para Brisbane, na Austrália, aonde a banda surgiu.

Em 1956, os pais descobriram o talento musical dos filhos. Incentivados pelo pai, os irmãos começaram a cantar nas ruas e frequentar "shows de talentos" promovidos por escolas, teatros e cinemas. Neste período formaram um grupo de skiffle, um tipo de música folk com influência de jazz e blues, chamado de “The Rattlesnakes”.


No ano de 1959, um DJ australiano, chamado Bill Gates, sugeriu a troca do nome da banda para "Bee Gees", já que haviam muitos "BGs" na vida do trio, como por exemplo: Barbara Gibb, a mãe deles; Barry Gibb, o próprio DJ; e o fato deles de serem os “Brothers Gibb”. Somente mais tarde, em 1966, resolveram adotar o nome sugerido pelo DJ.

No auge da fama, em 1969, surge uma grande polêmica entre os irmãos Robin e Barry. Segundo rumores, ambos disputavam a liderança da voz principal do grupo, o que resultou na saída de Robin. Barry e Maurice seguiram lançando algumas músicas, que resultaram no disco “Cucumber Castle”. Em meados de 1970, os irmãos se reconciliaram e Robin retornou a banda.


Três anos depois, os irmãos Gibb se mudaram para os Estados Unidos, época que marcou a mudança no estilo musical do grupo, que passou a aderir a soul music. Com relativo sucesso mundial, o verdadeiro reconhecimento ainda estava por vir. Foram convidados para participar da trilha sonora do filme “Os embalos de sábado à noite”, em 1977, o que resultou na segunda trilha sonora mais vendida de todos os tempos, ficando atrás somente de “O guarda-costas”, de Whitney Houston. Foi quando os singles “More than a woman”, “How deep is your love” e “Stayin’ Alive” invadiram as pistas, tornando-se grandes hits mundiais.

Em 1979, o álbum “Spirits Having Flown” vendeu mais de 25 milhões de cópias, consagrando definitivamente o Bee Gees como um fenômeno mundial. Os irmãos conquistaram diversos prêmios e foram considerados os “Reis da Disco”, influenciando toda juventude da época.


Passado o auge da fama, no início dos anos 1980, a banda resolveu fazer uma pausa, e os Gibb passaram a atuar como produtores musicais de outros artistas.


O trio retornou aos palcos somente em 1987. Após um documentário sobre a carreira, intitulado “Keppel Road”, em 2001 os músicos anunciaram o lançamento de “This Is Where I Came In”, que ficou marcado como o último álbum do trio. Logo depois, em 2003, uma tragédia assolou os irmãos. Maurice Gibb morreu aos 53 anos, devido a um problema intestinal. Em 2012, lutando contra um câncer no cólon e no fígado, Robin veio a falecer, aos 62 anos de idade.


A família já havia passado pela perda do irmão mais novo e também músico, Andy Gibb, em 1988, aos 30 anos, após uma overdose causada por seu vício em drogas.


Após o término do grupo, Barry Gibb, optou por seguir carreira solo. Atualmente com 75 anos, lançou em janeiro de 2021, o álbum “Greenfields: The Gibb Brothers ‘Songbook, Vol. 1”. O trabalho inclui remakes de canções populares dos Bee Gees, em parceria com grandes estrelas da música country: Little Big Town canta “How Deep Is Your Love” e “Lonely Days”, e a lendária Dolly Parton canta uma versão em dueto do hit “Words”.


Grande sucesso, especialmente entre 1966 até meados de 2000, o trio esteve entre os maiores vendedores de discos de todos os tempos, comercializando cerca de 250 milhões de cópias. Foram incluídos no “Hall da Fama dos Grupos Vocais”, no “Hall da Fama do Rock and Roll”, no “Hall da Fama dos Compositores” e conquistaram 10 prêmios Grammy.


Entre os maiores sucessos do Bee Gees, estão:


· “How Deep Is Your Love”

· “I Started a Joke”

· “Stayin’ Alive”

· “Too Much Heaven”

· “From Whom The Bells Tolls”

· “Wish You Were Here”

· “To Love Somebody”

· “Alone”

· “Massachusetts”

· “More Than a Woman”

· “Night Fever”

· “Words”

· “How Can You Mend a Broken Heart?”

· “Run To Me”

· “Islands In The Stream”

· “Immortality”

· “Don’t Forget To Remember”

· “You Should Be Dancing”

· “Tragedy”



“Contanto que você esteja se divertindo, essa é a chave. No momento em que se torna uma rotina, acabou.” (Barry Gibb)



#arte #música #sucesso #biografia #inspiração #BeeGees