• Equipe CG

5 DICAS PARA VOCÊ TOCAR PIANO

Listamos 5 dicas práticas que vão ajudar a otimizar seus estudos e desenvolvimento no piano. Vale a pena conferir!





1 - TREINE DIARIAMENTE


O estudo constante é o que te faz progredir em qualquer instrumento, logo, praticar todos os dias é primordial! Os seres humanos aprendem por repetição, por isso, quanto mais treino, maior a evolução.


Por ser um instrumento completo, o piano pode exigir um pouco mais de dedicação, comparado a outros instrumentos. É preciso reservar pelo menos 1 hora de estudo por dia, de preferência de manhã, período em que nossa mente se encontra mais fresca e descansada, resultando num melhor aproveitamento.


Siga corretamente o que é ensinado pelo professor de piano, não pule etapas por considerá-las “chatas”. Cada exercício possui uma função específica e essencial para o seu aprendizado e desenvolvimento no instrumento.


Outro ponto importante é fazer pausas entre cada estudo, dando um tempo para suas mãos descansarem. No entanto, essas pausas precisam ser curtas (de 5 a 10 minutos no máximo) para evitar que sua concentração e seu foco no estudo sejam dispersos.




2 – O SOLFEJO É IMPORTANTE


Pode não ser o exercício muito divertido, mas o solfejo é importantíssimo para desenvolver a percepção musical: reconhecer a altura das notas, ritmo, identificar intervalos, entre outros.


Solfejar é ler as notas executadas no piano em voz alta, respeitando o ritmo, a altura e os intervalos específicos. No início pode parecer incomodo, mas depois de um tempo sentirá seu ouvido muito mais apurado, musicalmente falando.




3 - POSTURA E POSIÇÃO DAS MÃOS


É importante sempre prestar atenção na postura antes de começar a tocar o piano. Sente-se confortavelmente, mantendo a coluna ereta e os pés paralelos.


Outro ponto de atenção é o posicionamento das mãos ao tocar. Se a posição estiver incorreta, influenciará negativamente no seu desenvolvimento, podendo inclusive causar lesões, como por exemplo, tendinite no dorso das mãos.




4 – ESTUDE DEVAGAR


Devagar e sempre, principalmente quando ainda está começando os estudos do instrumento. Como qualquer prática, a consistência e o estudo lento e minucioso, é imprescindível.


Jamais estude piano pensando na velocidade, ela afetará a qualidade da execução, principalmente para quem ainda está aprendendo. Com o tempo, conforme o seu desenvolvimento, a sua velocidade aumentará naturalmente. Não force o processo, é importante vivenciá-lo passo a passo.


Uma das dicas para tocar piano é contar o tempo da música enquanto a executa. Essa é uma excelente maneira de fortalecer o seu senso rítmico. Para isso, é aconselhável o uso de um metrônomo, que pode ajudar muito na hora de executar os exercícios e peças no ritmo certo. Você pode tanto usar um metrônomo tradicional como os virtuais, através de apps para celular e tablet ou programas para computador.




5- FOQUE NO ERRO


Um dos grandes equívocos de muitos pianistas iniciantes é, ao errar um determinado trecho da música, repeti-la por completo. Concentre-se apenas na parte em que está tendo dificuldades, até que consiga superá-la. Repetir a peça inteira sempre que errar, pode lhe causar exaustão, e consequentemente não conseguirá corrigir sua dificuldade.




DICA EXTRA – TENHA REFERÊNCIAS


Escutar outros pianistas e observar seu modo de executar as peças musicais é uma excelente forma de descobrir novas técnicas e, até mesmo, evoluir no seu instrumento musical. Nessa fase inicial do seu aprendizado, não há nada de errado em reproduzir o que eles fazem para conseguir melhorar sua performance.


Estamos com inscrições abertas para as aulas de Piano. Vem para a Escola CG e VÁ ALÉM!


#piano #dica